quarta-feira, 7 de junho de 2017

Caso (não) julgado



Caso (não) julgado

O país acordou sobressaltado
C'os indícios de corrupção, 
Mas de Lisboa, a "Comunicação"
Já tem o caso encerrado!?

O benfica tem no "tetra"
Os relevos de tais actos,
E na mão lá tem os árbitros 
Em tais provas escritas à letra!

Entr'o Guerra e o Adão,
Que nos antípodas da política,
Conseguem ter no benfica 
O seu factor de união!

E nisso falam do primeiro,
Ministro da sua Igreja!
E a sorte que lhe sobeja,
Maior qu'a de qualquer banqueiro!

Pois s'o crédito é grande,
A sua influência é sagrada!
E neste país não se passa nada 
Sem qu'ele o mande!

E nessas "missas cantadas"
Por um "seu prior",
Ele é o confessor 
Das almas penadas!!

Este país é isto
Na corrupção endémica,
E a Justiça abstémia 
Pr'a lá lutar no risco...

Porque enfrentar 
Este "primeiro-ministro",
É como lutar por Cristo 
E ainda ter que jejuar...

E nisso condenar 
A mão que lhe dá o alimento, 
É como pedir aumento 
Sem ter que trabalhar!!

E por isso não se vê
Os "alertas do CM",
Porqu'o poder nisso teme 
A justiça na TV!?

E "A bola", televisão ou jornal,
Esse prodígio de jornalismo, isenção, 
Não lhe faz qualquer menção,
Porque no assunto não vê mal...

Não lá vê "pequenos indícios"
De corrupção no futebol, 
Porqu'é o benfica que está no rol
Dos casos ilícitos!

E nem se constata
A constituição de brigadas especiais,
E de recursos sobrenaturais 
Pr'a combater a Máfia!?

Não há escutas do Adão c'o Guerra?
Nem do "primeiro-ministro"?
E da "Assembleia de Cristo"
Ond'a arbitragem emperra?

Não há seguras evidências 
Das arbitragens à Ferreira
À Ferrari d'Albufeira?
E d'outras maiores referências?

Não se passa nada 
No jornalismo sulista,
E a Justiça está autista 
Com tanta papelada...

E as instâncias desportivas 
Nada disto podem "julgar",
Porqu'o Meirim está a avaliar 
As provas "proibitivas"...

E está a preparar despacho
Pr'a ilibar o Antunes,
Porqu'o Ferreira Nunes 
Apelou do seu capacho!

E com tanto correio-electrónico
A pedir "bilhetes",
A arbitragem faz brilharetes 
Neste mail icónico!

Que está tudo minado 
Há muito se sabia,
Mas com tal tropelia 
D'Estado dentro D'Estado,

Tal só revela 
O nosso nível democrático,
E o controlo mediático 
Que tudo sela!!

Mas a verdade é plural 
Por muito qu'a tentem calar,
E quem sabe s'alguém ainda vai falar 
Num outro canal?

Que não os do regime
Onde só passa "benfica",
Qu'é a coisa mais rica 
Do mundo crime!?

Depois da branca porta 
E da morte por ódio clubístico, 
Sobra-nos o "armistício"
Do Mota!

Tudo controlado
Na arbitragem d'APAF,
E o "tetra" é uma "gafe"
De crime continuado...

Mas nada se vai passar 
Neste país corrupto, 
Porque só há assunto 
S'o azul destoar...

E esta informação 
Pode correr o resto do mundo,
Que contra este sub-mundo 
Não haverá acusação!

E só no estrangeiro 
Se vai saber da miss'a metade, 
Porque aqui mand'a verdade 
Do nosso ministro primeiro!...

Agora "APAGUEM TUDO",
Mudem já a entrevista,
Qu'isto é coisa nunca vista,
E pode ser caso d'estudo....

Da ineficiência do Estado
Dito de Direito, 
E mais um caso sem efeito
Por "não" suscitado!?

Joker

Enviar um comentário
>