terça-feira, 2 de maio de 2017

Omertà - A lei do silêncio

Omertà - A lei do silêncio

Há códigos subtis 
Na actividade humana,
Qu'a máfia napolitana 
Criou de raiz.

E eles, transversais, 
Por aceites códigos,
Tornaram-se metódicos 
E funcionais...

Pois lá quem falar 
C'os peixes vai dormir
E não volt'a arguir, 
Nem a boiar...

É esta a regra 
Do silêncio,
E o submundo é propenso 
A cumpri-la na íntegra...

A Omertà!
A pedra lapidar,
Que quem lá quiser falar 
De Nápoles ao Panamá...

Recebe o recado 
No embrulho de peixe;
E ele, depois, que se queixe
Ao papado...

Lá resulta em pleno
O velho código do medo,
E a máfia vive no segredo 
Do Mar Tirreno...

E ele transporto,
O velho código do medo,
Tem aqui degredo 
Num país já morto...

Querem-nos calar 
Com uma Omertà lusa,
Para haver uma escusa 
Pr'a ninguém falar...

Contr'os mafiosos 
Da nossa arbitragem!
E lá vem a mensagem 
Envolta em jornais noticiosos...

Fica já o aviso
P'la porta-voz da Camorra:
É preciso que alguém morra 
E vá pr'o paraíso?

Saca-se uma vitória
A quem denunciar a cúpula, 
E depois não há desculpa, 
Por provisória...

A ameaça está no ar 
Por proposta da 'Ndrangetta:
Acaba-se c'a t(r)et(r)a 
De se jogar!!

E a Máfia Siciliana 
Concorda c'a medida:
É preciso acabar c'a vida 
De quem reclama!!

O processo está em curso
Na votação da Liga:
"É preciso fazer p'la vida
Do Pippo Russo!"

"O qu'é isto, reclamar
Contr'a actuação do juiz?
É cortar o mal p'la raíz 
Antes de se jogar!"

"Coitadinhos dos Paixões,
Dos Tiagos, dos Ferreiras,
Dos Antunes, dos Almeidas,
E dos chefões!!"

"Ai, tanto capo denegrido
Na sua boa imagem!!
Haja coragem 
Pr'a calar tanto bandido!!"

"Esses do apito dourado,
Bandidos sem julgamento!
E que falam com o fundamento 
De ter sido arquivado!?"

"É preciso outra brigada especial
D'inspectores!!
Isto não vai lá com doutores!
Mandem a claque ilegal!!"

"Vamos impôr o silêncio,
Que já passou o dia da liberdade!
A Omertà é a verdade 
Do Calabote, Inocêncio!"

"É preciso voltar à época
Da outra senhora!
É preciso qu'a Camorra
Lhes fech'a boca!?"

"Vão sacar-vos três 
Só por se criticar...
É, pois, melhor calar
A crítica de vez..."

Já ving'a Omertà,
A lei do silêncio...
Mas o polvo ainda está suspenso 
Do qu'o tetra dá....

Joker

Enviar um comentário
>