sexta-feira, 9 de dezembro de 2016

BIFES!

Indeed???

BIFES!

É, são mesmo bifes,
Estes Ingleses!
Querem-se corteses
Nestas "tolices"!!

Onde já se viu
Dar pois, relevo, 
A um jogo sem enredo,
A qu'a nada serviu!?

Uma "mão cheia"
E ponto final!
Destaque editorial?
Notícia sem plateia...

Ganhar ao bife?
Ao campeão?
E então,
Há crise?

Uma manita?
Nada mais corriqueiro!
Só mesmo no estrangeiro 
Alguém acredita...

Foi um simulacro
De partida!
A Bola tem-na parida
Num jogo fraco...

Importante é o fracasso
De travo lusitano, 
Num grande plano 
E com espaço!

Ai, a BBC,
Esse jornal regional...
Tem qu'aprender em Portugal 
C'a Bola TV!

C'o panfleto da Travessa
A vender papel,
Por romance de cordel,
Feita Imprensa!?

E ainda s'admir'o bife
Com tal "jornalismo",
Se tal é um eufemismo 
D'intrujisse!

Está lá o "Intestino"
E o  Guerra!
Uma amostra clara 
Deste "anglicismo"!?

Iam dar imprensa 
A este massacre,
S'o Leicester se bate 
P'la sobrevivência?

Um clube pário 
Dessa Grã-Bretanha,
Que só lhe falt'o Manha 
Pr'a ser dinossáurio!?

E a jogar c'os B
Queriam destaque A?
S'a Bola só dá 
Notas C?

Aos d'azul e branco,
Que não ao Capela, 
E ela por ela 
Foi um destque e tanto!

Mesmo ali no canto
Como quando campeões,
E no Record se fez alusões 
A tal espanto!

Ali nesse quadrado, 
O campeão Europeu!?
Qu'isto "nunca aconteceu"
Em tal jornal "honrado"!?

É só boa imprensa
A que tem o Porto, 
Que se estivesse morto 
Tinha a página à avença!

Pr'a vender publicidade 
No canto do título, 
Em que morrera o "mito" 
Em tenra idade...

E lá nesse gáudio 
Já tinham destaque,
E um jornalista de fraque 
No estádio...

A fazer as exéquias 
Desse grande clube,
Porque mal se soube 
Ligaram as máquinas!!

Pr'a pois editar 
A grande publicação!!
Na maior visão
Que se lhes pode dar!!

Queriam-nos finados, 
Mas foi de mão cheia!
O qu'é uma edição meia 
Para os mercados...

Isto é Portugal,
Ó meu caro bife!!
Qu'ao menor deslize 
O Porto já vende no jornal!!

Joker

Enviar um comentário
>