quinta-feira, 26 de novembro de 2015

Soma e segue!

Após a vitória europeia, o FCPorto B voltou a ganhar, desta feita a contar para o campeonato da 2ª liga.

Na recepção ao Mafra, os jovens dragões venceram por 2-0, com o colombiano Leonardo Ruiz a bisar no encontro.

No onze portista, destaque para o regresso à titularidade de Omar Govea e para a manutenção no onze do jovem Rui Moreira (médio adaptado a central) e do extremo Cláudio.

O jogo não foi fácil para o FCPorto B. A equipa do Mafra apresentou-se num bloco muito baixo e compacto, aproveitando sempre o contra ataque para visar a baliza de Raul Gudino.

Foi mesmo o guarda redes do Porto a negar por duas vezes o golo à equipa visitante nos instantes iniciais do jogo.

O FCPorto tinha mais bola e respondia. João Graça por duas vezes esteve também muito perto do golo.

No entanto, o resultado teimava em não se alterar e a partir dos 15 minutos o jogo entrou num limbo. O Porto não conseguia furar a muralha do Mafra e só em raras ocasiões levou perigo à baliza de Diaw. A oportunidade mais flagrante acabou por ser um remate já na pequena área de André Silva, a corresponder a um cruzamento venenoso de Rafa.

O jogo exigia mais criatividade e como a bola raramente chegava à área, André Silva foi muitas vezes obrigado a recuar. Exigia-se mais criatividade aos médios centro, mas foi quase sempre um lateral a desequilibrar, Rafa.

O jogo acabou por chegar empatado ao intervalo.

No reatamento da partida, Luis Castro surpreende ao retirar André Silva e colocar o ex-junior Leonardo Ruiz (no final do jogo o treinador do Porto B explicou porquê...).

Mas até foi o Mafra a entrar melhor e a acertar na barra de Gudino.

Passado o susto, o FCPorto voltou a mandar na partida mas a muralha do Mafra continuava em pé. Foi preciso mais um cruzamento venenoso do lateral Rafa e uma execução fantástica de Leonardo Ruiz para derrubar o muro. Fantástico o golo do jovem ponta de lança colombiano.

Feito o mais difícil, o jogo abriu ligeiramente e foi por pouco que Francisco Ramos não marca um grande golo, depois de um passe delicioso de calcanhar de Ismael.

Mas foi mesmo Leonardo Ruiz que voltou a deixar a sua marca num remate colocado à entrada da área.

O Mafra ainda tentou a resposta, mas nada feito. O FCPorto voltou a vencer e a reforçar a liderança.

Nota final: Parece que a saída de André Silva ao intervalo foi mesmo a pedido de Julen Lopetegui. Será por isso expectável que o avançado entre nas contas para o jogo frente ao Tondela.


 
Análise individual:


Raul Gudino: Seguro. Por 2 vezes negou o golo ao Mafra. Boas intervenções nas saídas dos postes.

Victor Garcia: Seguro na defesa, tentou furar no ataque mas sem grande sorte.

Verdasca: Impecável no centro da defesa. Na segunda parte tem no entanto um erro que podia ter levado algum perigo à baliza de Gudino.

Rui Moreira: Começou tremido com falhas de posicionamento. Melhorou com o decorrer do jogo.

Rafa: Ofensivamente foi sem dúvida o maior desequilibrador com os seus cruzamentos milimétricos. Na defesa deixou algum espaço.

Omar Govea: A habitual eficácia defensiva.

Francisco Ramos: Nunca joga mal, mas esteve mais apagado do que é habitual. Podia ainda assim ter marcado num grande remate.

Graça: Dá tudo ao jogo e acaba quase sempre por sair exausto. Começou bem e podia ter marcado por 2 ocasiões.

Ismael: Sem espaço para as suas arrancadas, acabou por passar ao lado do jogo.

Cláudio: Entrou bem com algumas iniciativas pelo lado direito, mas foi-se apagando.

André Silva: Muita luta, mas com pouca bola para fazer mais.


Leonardo Ruiz: Melhor em campo. Entrou e fez o mais difícil, o golo. Não precisa de tocar muito na bola, só vê baliza, só vê golo.

Fede Varela: Sem grande registo.

Tomás: Entrou para segurar o resultado.


FICHA DE JOGO
FC PORTO B-MAFRA, 2-0
Segunda Liga, 16.ª jornada
25 de Novembro de 2015
Estádio de Pedroso, em Vila Nova de Gaia

Árbitro: Hélder Malheiro (Lisboa)
Ássistentes:Hugo Ribeiro e José Luzia
Quarto árbitro: Bruno Vieira

FC PORTO B: Raúl Gudiño (g.r.); Víctor García, Diogo Verdasca, Rui Moreira e Rafa; Omar Govea, Francisco Ramos (cap.) e Graça; Cláudio, Ismael Díaz e André Silva
Substituições: Leonardo por André Silva (46m), Fede Varela por Graça (59m), Tomás Podstawski por Cláudio (76m)
Não utilizados: João Costa (g.r.), Maurício, Pité e Rodrigo
Treinador: Luís Castro

MAFRA: Mory Diaw (g.r.); André Teixeira, Sandro Silva, Rafael Mattos e Joel Ferreira; Tiago Costa (cap.), Leo, Laurindo Tavares;Vasco Varão, Diogo Ribeiro e Ivan Fidalgo
Substituições: Alisson por Diogo Ribeiro (48m), Érico Junior por Vasco Varão (66m), Luís Carlos por Laurindo Tavares (81m)
Não utilizados: Filipe Leão (g.r.), Pengfei Han, Luís Carlos e Diogo Gouveia
Treinador: Jorge Neves

Ao intervalo: 0-0
Marcadores: Leonardo (63m e 87m)

Disciplina
: cartão amarelo a Omar Govea (56m), Francisco Ramos (71m), Tiago Costa (74m) e Diogo Verdasca (79m)




Por: Prodígio
Enviar um comentário
>