domingo, 20 de julho de 2014

Rolando o novo ”Judas”

#Rolando #Itália #Roma #RaulJimenez #México #Portugal #Holanda #FCPorto #BluePunisher

A preparação para a nova época avança, findo o estágio em Horst na Holanda, o FC Porto está de regresso a Portugal e prestes a fazer o jogo oficial de apresentação aos sócios no Estádio do Dragão.





Entretanto há vários casos para resolver, o mais recente que está “atravessado na minha garganta” é o do Rolando, é como uma espinha que ficou atravessada na garganta! Não esperava isto do Rolando, depois de declarações suas que demonstravam serenidade e davam a impressão que estaria disponível para voltar se uma oportunidade lhe fosse dada.





Não sei se terá sido o empresário a “dar-lhe a volta à cabeça”, o que é evidente é que Rolando fica muito mal “na foto” com a sua recusa em seguir estágio para a Holanda com os seus colegas de equipa, só porque decidiu que tinha chegado ao fim o seu ciclo no FC Porto e quer sair!

Pelo que é dito e escrito nos media o Presidente pediu 10 milhões de euros à Roma, que nem chegou perto do pretendido, tendo oferecido 4 milhões. Esta situação do Rolando é de lamentar e demonstra uma enorme falta de inteligência do central, sem propostas aliciantes para o FC Porto de forma a facilitar a sua saída, o Sr. Rolando achava que o FC Porto ia juntar-se aos “saldos de Verão noutras paragens” e deixá-lo sair por uma quantia ridícula?

Felizmente no FC Porto ainda existe uma direção que sabe zelar pelos interesses do Clube ou pelo menos a maior parte das vezes sabe fazê-lo (não quero “choramingar” novamente com o negócio incompreensível do Tó Zé para o Estoril).

No último ano de contrato a situação do Rolando é uma “batata quente nas mãos” que a SAD do FC Porto terá de saber gerir bem, será uma gestão complexa, pois os clubes sabem que podem tê-lo para o ano gratuitamente e dificilmente farão uma boa proposta, ou pelo menos chegarão perto dos valores pretendidos pela SAD.





O melhor a fazer será deixá-lo sair pela melhor oferta (se existir ainda alguma!) dada a falta de carácter que demonstrou, é melhor que vê-lo a sair a custo zero para o ano, saberia a vitória para o Rolando mas a SAD tem de ser pragmática, o dinheiro faz falta! Depois desta atitude claramente não conta como opção para o plantel, tanto assim é que foi contratado o Espanhol Iván Marcano para o seu lugar. Caso contrário é inevitável que vá treinando sozinho “por aí”.





Admito que a SAD do FC Porto não teve o melhor comportamento com o Rolando injustiçando-o. Com a sua anterior cedência por empréstimo ficou no ar a sensação que o Rolando era um dos culpados pelo descalabro na defesa por isso teria saído, quando outros fartavam-se de “meter água” em boa linguagem futebolística e mantinham a titularidade na defesa.

Hoje li que o Defour quer ir para o PSV, eu também quero muito que vás para lá, desde que eles paguem o que a SAD pretende é claro, porque por cá não há “saldos à moda de Carnide”.

Este jogador não convenceu ainda e com as alternativas que existem atualmente no plantel para o meio campo claramente será um “excedentário” pelo que o melhor é mesmo aproveitar qualquer boa proposta que surja por ele.

Por uma questão de justiça, apesar de não ser um apreciador das qualidades futebolísticas do Defour, reconheço que foi um bom profissional e não criou casos nem demonstrou amuos desde que cá está, joga e faz o que os treinadores lhe pedem, mesmo que sejam coisas descabidas!

Por outro lado gostei das declarações do Carlos Eduardo segundo as quais joga em qualquer lugar, o que quer mesmo é jogar. É uma boa atitude especialmente este ano com um treinador exigente e várias opções para o meio campo. Ou então é uma “operação de charme” para impressionar o novo treinador.

Aos poucos o FC Porto vai arrumando a casa e compondo o plantel, o último a chegar foi o Casemiro, que tudo indica será uma grande contratação, veremos se tal é confirmado em campo. Estou impaciente por ver o Brahimi confirmado, é um daqueles jogadores que enche o campo e gostaria imenso de ver no FC Porto, tal a diversidade de opções que tornaria possíveis na frente atacante e certamente aumentaria o “poder de fogo do Dragão”.

Outra incógnita é a continuidade do Jackson, estou com um feeling que ele irá sair, até porque parece que a SAD do FC Porto anda no mercado por um ponta de lança. Este é outro jogador que apesar de ter um inquestionável valor e estar entre os melhores avançados do nosso campeonato, desiludiu-me pela sua falta de entrega e se calhar falta de algo mais (profissionalismo?) na época passada.

Se continuar mais um ano, qual será o Jackson que teremos? O de 2012/2013 ou o de 2013/2014? “Adivinhar é proibido” diz o povo em mais uma frase feita dos anais da sabedoria popular, no entanto ao longo das várias décadas em que acompanho futebol, a experiência diz-me que se um jogador teve uma atitude reprovável no passado há uma enorme probabilidade de repeti-la no futuro. Se houver uma boa proposta pelo Jackson próxima da cláusula de rescisão não ficarei chocado com a sua venda.

Esta época promete ser interessante, alguém tem memória duma época em que tivemos no plantel atletas oriundos do Atlético de Madrid, Real Madrid e Barcelona duma assentada? Com a particularidade que parecem ser atletas “feitos” à exceção do jovem Óliver Torres, os restantes já têm um traquejo e experiência que lhes permitirá provavelmente uma entrada direta no onze titular.






O plantel atual continua a entusiasmar pelos nomes já confirmados e por outros que parecem perto da oficialização, quiçá o Brahimi, um guarda-redes (será o M’Bolhi da Argélia?) e um avançado (Raúl Jiménez do México?)? A juntar aos nomes oficiais e “oficiosos”, os primeiros jogos de preparação em solo Holandês deixaram igualmente boas indicações, a única nota negativa continua a ser a permeabilidade da defesa, que se espera que fique resolvida com os reforços que vieram para esse sector.




Continuação de boas férias a quem se aplicar, e acalento o desejo que 2014/2015 seja um ano em grande para o FC Porto no futebol sénior, camadas jovens e em todos os escalões das restantes modalidades. Há “matéria-prima”, gente estoica e valente e muita vontade, que a sorte nos ajude e o fruto do nosso trabalho seja doce e frondoso!






 Por: BluePunisher



Enviar um comentário
>