sexta-feira, 11 de julho de 2014

Mega-Operação

#benfica #Futebol #brasil #BES 



É uma mega-operação!
Diz a voz do pasquim
Foi-se o Fariña, por fim…
Mas o Oblak ainda não!

Só está desaparecido 
O Esloveno-voador
Como no ano anterior…
Mas será devolvido!

Pois falta assinar
A claúsula de rescisão!
C’o dinheiro na mão…
Vinte milhões pr’a contar!?

É um mega-negócio
Com’o dos fundos do Lim!
O Gomes e o Rodrigo, sim?
Vendidos por quanto, sócio?

Ah, e jogam o resto da época
E apresentam-se no Seixal?
Nada de sobrenatural 
Nesta transacção profética!

Pois já s’adivinhava a venda
Desse astro argentino
Um central de traço fino 
Por dois milhões de renda?

E outros há nesse espólio
Como mega-operação!
Vem do Brasil, a renovação
Pr’o desmantelamento óbvio…

E quem já profetizava 
Um outro fim de ciclo 
Num campeonato perdido…
O que vê no fim da estrada?

Uma mega-operação!
Num desastre mais que óbvio
Pr’a quem só destila ódio
E vence sem proporção!

Pois essa conquista d’outrora
Feita a preço bem alto
Tem hoje, um sobressalto 
Cobrado com juros de mora!

É qu’a banca bem precisa
Como de pão par’a boca
Qu’os empréstimos que lhes toca
Sejam de liquidação concisa!

Há pois pressa de vender 
Essa equipa do passado 
Num passivo já dobrado….
Que só teima em crescer!

E nem a Instituição 
Maior qu’o seu país 
Pode viver, ao que se diz
Sem esta mega-operação!

Outros valores se levantam
Na pátria do mal-parado!
Pois s’há um banco entalado
Outros males não nos espantam!

E é nestas alturas 
Que se vê quem é solvente!
Não basta ser-se eloquente
Para pagar as facturas!

É pois hora de cobrar
Qu’o sistema não aguenta!
Seja por oito ou oitenta 
É só pegar ou largar!…



 Por: Joker

Enviar um comentário
>