sábado, 11 de abril de 2015

FC PORTO B-TROFENSE, 3-2

O Porto B recebeu e venceu, na tarde deste Sábado,  o Trofense por 3 bolas a 2.
(Imagem www.fcporto.pt)
No onze portista destaque para a titularidade de Ricardo Nunes na baliza e de Campana no meio campo, ambos cedidos pela equipa principal. Também foram novidades o recuo de Tomás para a posição de central, o regresso do médio criativo Pavlovski e a permanência do avançado Anderson, que já tinha sido titular a meio da semana na International Cup.

Quanto ao jogo, registou-se uma primeira parte animada com 4 golos.

A equipa portista não entrou propriamente bem em jogo, permitindo que o Trofense tivesse ascendente a meio campo e chegasse bastante cedo ao golo, através de uma bola parada.

No entanto, a reacção do Porto B foi óptima. O meio campo acordou sob o comando de Leandro e conseguiu inverter a situação. O Porto B começou a controlar o jogo e a criar perigo e acaba por chegar ao golo naturalmente numa grande jogada colectiva. Uma jogada que começa num passe magistral de Pavlovski, passa por Campana e é finalizada por Fred.

Por esta altura já se percebia que Leandro era claramente o médio mais recuado e era Campana, juntamente com Pavlovski, quem tinha maior liberdade para chegar à frente.

O segundo golo portista é apenas uma questão de tempo. Desta vez numa jogada rápida de contra ataque, David Bruno recupera a bola e abre para Fred que rapidamente encontra André Silva. O ponta de lança não perdoa e descaído sobre a direita marca e dá vantagem ao Porto B.

A equipa portista assumia de vez o jogo e o meio campo funcionava na perfeição, a permitir que Anderson, André Silva e Fred jogassem soltos na frente.

A toada do jogo tinha claramente mudado e foi contra a corrente que o Trofense faz o empate num contra ataque rápido, com muitas facilidades a serem dadas pelos centrais do Porto, especialmente por Tomás.

O jogo chegava assim ao intervalo com um empate que castigava alguma infantilidade do Porto.

Na segunda parte o jogo foi diferente. Mais lento e previsível de parte a parte.

Ainda assim, o Porto entra muito bem e faz cedo o golo. Mais uma grande jogada colectiva a envolver André Silva e Fred pela direita e a terminar em Campana que remata já dentro da área. Belo golo.

O jogo entra depois numa toada mais monótona, mas ainda assim pertencem ao Porto B as melhores oportunidades com uma bola ao poste de Campana e dois remates perigosos de Leandro e Pité.

O resultado acaba por ser justo, visto que o Porto B teve as melhores oportunidades na partida.
Análise individual:

Ricardo: Seguro.

David Bruno: Excelente jogo quer a nível defensivo como no apoio ao ataque.

Lichnovski: Algo trapalhão e com algumas faltas desnecessárias.

Tomás: Está directamente ligado aos 2 golos do trofense. Tarde infeliz.

Rafa: Bom jogo do lateral esquerdino. Na defesa cumpriu e ainda subiu bastante na ajuda ao ataque.

Leandro: Cada vez mais se assume como o motor da equipa. Essencial.

Campana: Surpreendeu numa posição mais avançada do terreno. Esteve muito bem no capítulo do passe e envolvido em 2 golos, primeiro a assistir, depois a marcar.

Pavlovski: Na primeira parte espalhou magia e criatividade. Um passe magistral no primeiro golo. Apagou-se na segunda parte e acabou por sair.

Fred: Melhor em campo. Num momento de forma incrível. Voltou a marcar, mas acima de tudo a desconcertar a defesa do Trofense com um leque de recursos impressionante.

Anderson: Algo tímido, embora com bons pormenores técnicos. Saiu ao intervalo.

André Silva: Marca o segundo golo e está também envolvido no terceiro. Correu muito e lutou mais ainda.


Roniel: Entrou ao intervalo, mas não foi muito feliz. Ganhou bastantes lances em velocidade mas o critério de passe e remate não foi o melhor.

Graça: Sem grande registo.

Pité: Quase marcava num grande remate de longe.


FICHA DE JOGO

FC PORTO B-TROFENSE, 3-2
Segunda Liga, 38.ª jornada
11 de Abril de 2015
Estádio Luís Filipe Menezes, em Olival, Vila Nova de Gaia

Árbitro: Rui Costa (Porto)
Assistentes: Tiago Costa e João Silva
Quarto árbitro: Bruno Nunes

FC PORTO B: Ricardo Nunes (g.r.); David Bruno (cap.), Igor Lichnovsky, Tomás Podstwaski e Rafa; Campaña, Pavlovski e Leandro Silva; Frédéric, Anderson e André Silva
Substituições: Roniel por Anderson (46m), João Graça por Pavlovski (73m), Pité por Campaña (75m)
Não utilizados: Ricardo Nunes (g.r.), Clever, Víctor García
Treinador: Luís Castro

TROFENSE: Diogo Freire (g.r.); Jairo, Tiago Martins, Nani, André Teixeira, Serginho, Micael Babo, Tiago (cap.), Hélder Sousa, Stanly e Dario
Substituições: Simãozinho por Dario (67m), Rafael Silveira por Stanly (74m), Mateus Fonseca por Tiago Martins (81m)
Não utilizados: Rui Santos (g.r.), Eduardo Henrique, André Rateira, João Pedro
Treinador: Vítor Campelos

Ao intervalo: 2-2

Marcadores
: Stanly (6m e 34m), Frédéric (12m), André Silva (25m), Campaña (48m)
Disciplina: cartão amarelo a Lichnovsky (42m)


Por: Prodígio 
Enviar um comentário
>