sábado, 18 de julho de 2015

Lápis azul

#FCPorto #Joker

Lápis Azul

Dizia-se qu’António Ferro
No tempo da outra senhora
Usava caneta e tesoura
Pr’a corrigir qualquer “erro”

Eram tempos de censura
A que obrigav’o regime
Ond’o escrever era crime
Nessa palavra em clausura!

O pensamento qu’é escrito
Tem um valor qu’o transcende
E se publicado, “ofende”
O ditador, é ilícito!

Daí qu’o “lápis azul”
Seja por isso lembrado
Com’o método usado
Pel’o censor no curul!

Hoje, anos passados
Desd’a égide democrática
Não se perdeu tal prática
Em comentários “riscados”!

O “lápis azul” é sistema
Em tal blogue de “portismo”
Um reflector de cinismo
Na provocação por esquema!

Ms na resposta devida
Apagam os comentários…
Não os publicam, otários!
Pela razão lá contida!

E na defesa do grupo
Vem o Silva pelo Zé
Que provocando, dá ré
Nesse sistema corrupto!

E granjeados na razão
Qu’a censura sempre dá!?
Reflexão? É no que dá
O lápis azul na mão!

 Por: Joker
Enviar um comentário
>