domingo, 27 de novembro de 2011

Campeonato Nacional de Juniores, Zona Norte 13ª jornada FC Porto 3 - 1 Rio Ave


Jogo interessante de seguir entre o comandante destacado da Zona Norte e uma equipa do Rio Ave mais fraca quer individual quer colectivamente. Um jogo de toada azul e branca, com domínio, profundidade e criatividade que valeu bem o tempo empregue.


Entrada forte do FC Porto permitiu marcar dois golos cedo com excelentes jogadas colectivas.

O primeiro de Alves surge de uma desmarcação excelente e na cara do guarda-redes com ângulo fechado obtém um golo de belo efeito. Poucos minutos depois e numa das melhores jogadas do encontro, numa troca de passes rápidos e ao primeiro toque aparece Thibaut Vion na boca da baliza a fazer o seu primeiro golo.

Estreia muito boa deste francês que mostrou bons pormenores quer com a bola nos pés, quer nas suas movimentações.

Na esquerda o endiabrado Ebo (um autentico quebra-cabeças, pleno de técnica, drible e potência física), o melhor em campo nesta partida, não deixava a defesa vila-condense descansar.

Na segunda parte com um Rio Ave melhor o domínio continuou a ser Azul e branco.

O terceiro golo chegou com naturalidade por Ebo numa assistência perfeita do injustiçado central Tiago Ferreira (segunda expulsão consecutiva e injusta).

Até ao final do jogo o arbitro quis ser a figura ao usar critérios diferentes de analise para punir os jogadores que até à expulsão de Tiago tiveram um comportamento exemplar onde apenas tiveram como objectivo jogar (bom) futebol.

Perto do final do jogo ainda uma segunda expulsão desta feita de Mikel (desta vez na nossa opinião justíssima pois o jogador não pode entrar de forma dura como o fez sobre o adversário).

Destacamos de facto a exibição colectiva dos comandados de Rui Gomes, mesmo na parte final do jogo reduzidos a 10 e depois a 9 tiveram um bom teste com um excelente aproveitamento. não é comum ver uma equipa reduzida a 9 unidades jogar de forma tão tranquila, mérito do seu treinador.



Por ultimo realçar que o golo do Rio Ave surge de uma má entraga de bola por parte de Kadú bem aproveitada pela equipa adversária.
Kadú que pretende ter voz de comando, activa e pretende se assumir como um líder dentro de campo, com o tempo perceberá certamente que mais que show-off é importante transmitir sim tranquilidade e segurança à equipa.





Ficha do jogo:

FC Porto 3 - Rio Ave 1
(ao intervalo 2-0)

Golos: Alves (9), Vion (20), Ebo (52) e Daniel (63).

Cartões amarelos: Mikel (61m e 84m), Baldaia (73m), Kiki (75m), Alves (79m) e Diogo (80m)
Cartões vermelhos: Tiago Ferreira (56m)e Mikel (84m)


FC Porto: kadú, André, Hugo Basto, Tiago e Floro, Paulo Jorge (Mikel 59m), Alves e Tó-Zé, Fábio (Lima Pereira 59m), Vion (Fred 83m) e Ebo.
Treinador: Rui Gomes

Rio Ave: Moreira, Baldaia, João, Bruno, Gil (Hélder Maio, 79m), Bruno Nibra (Pedro Ribeiro, 59m), Kiki, Diogo, Alex (Daniel, 59m), Miguel Costa, Igor Lopes
Treinador: Pedro Cunha

                                                             

Por: Juary

Enviar um comentário
>