quinta-feira, 2 de março de 2017

Milhões!!?


Milhões!!?

Eles são seis milhões
Só aqui no quintal,  
E o Vitória, seu líder natural 
No assalto aos outros cantões!


Têm muito poder
E as costas quentes,
Árbitros, comentadores, dirigentes, 
Pr'a se conseguir vencer!

Têm o Silva, o Guerra,
O João, o Ferreira, o Paixão, 
E qualquer homem de mão 
Num "jornal" de pena à espera...

Pr'a emitir "notícias"
Na veia de propaganda,
Porque esta gente é que manda 
Nas polícias...

Onde haja um M. Público 
Ou uma polícia de juízo,
Ao benfica sobr'o prejuízo 
Num processo único!?

E apesar das evidências 
Tidas na Porta d'entrada,
Ao benfica tod'a jogada 
É salva nas inocências!

Ou nos Inocêncios 
Da triste actualidade, 
Onde esta "mocidade"
ateia os incêndios...

E nisto pedem consulta 
Ao Conselho dos amigos,
E fazem crónicas, artigos,
A eximirem-se da culpa!?

Que são prejudicados,
Escrevem sem se rir,
E que ainda querem ter
Mais jogos beneficiados...

E verem o Mitroglu 
A marcar c'a mão,
Com'o Vata nessa edição 
Ond'o Rei esteve (mais um vez ) nú!

E estando mais à frente 
Dos outros, cerca de dez anos,
Já nisso fazem planos 
Como clube inocente!

Vão fazer mais campos
Com'os do INATEL,
E formar árbitros de cordel 
Por muitos mais anos...

E é quase certo
Vencer um Europeu,
Porque um árbitro seu 
Pode estar por perto...

Com'o bom Ferreira,
Aquele do Esquiça, 
Que sempre que dá missa, 
Dá óstia por asneira...

Mas é tudo inocente 
Na reivindicação, 
Porque em tanto milhão 
Cabe muita gente!

E send'o país minúsculo 
O clube é imperial,
E pode Portugal 
Ter no benfica o músculo?!

E assim vencer por decreto
Como no tempo da outra senhora,
Porque nunca então como agora 
Isso é politicamente correcto...

Eles são seis milhões
E podem-se impertigar,
É deixá-los ganhar, 
Mesmo aos repelões...

Não vá estalar o conflito 
Entr'o Norte e o Sul,
E vencer o azul...
E acabar o mito!!

Até os comemos!!

Joker

Enviar um comentário
>