sábado, 2 de junho de 2018

(Al)Cavala


(Al)Cavala

A vida segu'o seu curso
No reino da corrupção,
E na Tv a estação
Põe em prime time o corrupto!

Num placar de cartilheiros
Comenta-se o acto ilícito,
E o corrupto já dá indício
Dos métodos financeiros...
Que lá esteve c'o Salim
Pr'a ajustar a transferência,
E tod'a coincidência
D'ele ter nisso outro fim!!?
E nisto ainda receber
A chamada do Jesus,
Qu'o César a isto reduz
O pagar pr'a se perder...
E ainda que conheça
Outros jogadores do plantel,
Ao César dá-se cordel
Pr'a uma saída em beleza...
É pr'a isso que transmite
A Tv do Moniz,
E tudo o qu'o César não condiz,
Nisso s'omite!
A propaganda encarnada
Tem ali a sua sede,
E o Braz nunca s'impede
A defender a sua amada!
E ter o ali o Aguilar
É um atentando à isenção,
Qu'os três fazem uma formação
Ímpar!
Só lá falt'o Janela
Pr'a compor esta Cartilha,
E c'o César fazer a quadrilha
Da (al)cavala!
Foi só uma alcavala
O negócio c'o "Marítimo",
E tudo em si foi legítimo
No jogo da mala!
Uma figura tão patética
Tem nisto sinal aberto,
Depois de s'o ter descoberto
Na sua prática...
Esse jogo tão patente
Sobr'a desportiva verdade,
E um campeão da falsidade
Presente!
Tanta coincidência
Nesta aventura do tetra,
Qu'uma vez a mala aberta
Se lhe not'a inocência!
Uma figura menor
Utilizado como peão,
E feito empresário de mão,
Corruptor!
O pagamento faseado
N'aventura do Gabigol,
E o César morder o anzol
Do jogo combinado...
Quem acredita no desporto
Da pátria corrupta,
C'a esta gente impoluta
No lugar do morto?
Quem se crê
Nesse jogo da Madeira,
Depois d'ali andar esta toupeira
Que fala na TV?
E ainda bate palmas
Às palavras do Braz,
Porque ele até é capaz
De corromper nas calmas...
Tanta suspeição
Sobre esse tetra-campeonato,
E o penta só não foi um facto
Por pura distração!!
E s'até c'o toupeiral
Sob tod'a suspeita,
A arbitragem esteve perfeita
No seu desígnio natural...
Se lá estava o Frankc Vargas
Isto é que tinha sido!
O benfica tinha conseguido
vencer às largas!
Agora c'o clube querido
Sob suspeita,
Já se contrata uma nova seita
De jogadores a pedido!
E A Bola já dá destaque
A tanto craque,
Porqu'o seu maior enfoque
É o ataque!
Mas não a corrupção
Do clube querido,
Porque esse assunto não tem sentido
Na publicação!
E o César das malas
Não é assunto,
E, quanto muito,
Mete-se umas pálas!
Porqu'o benfica
É um desígnio nacional,
E A Bola, no seu mural,
Só o glorifica!
Ó César, isto é um cabala
Contr'o teu bom nome!
Eis o teu epitome:
Quem come não cala!!
Em suma, uma alcava!
Joker 





Enviar um comentário
>